27 de ago de 2015

'Cidade Aberta'

Pitanga e jabuticaba

A ampla maioria das administrações municipais segue um modelo que eu chamaria de provedor. A tarefa que lhe é posta resume-se a prover serviços demandados pela população. Serviços de água, esgoto, saúde, pavimentação, educação e por aí afora. Todas as administrações sete-lagoanas, nos últimos anos, com maior ou menor sucesso, trilharam esse caminho.

21 de ago de 2015

'Cidade Aberta'

Profundo silêncio

Depois de ter se transformado num escândalo nacional, a suspeita de desvios de recursos na Câmara Municipal de Sete Lagoas foi guardada no mais profundo silêncio. Na própria Câmara parece ter se tornado um assunto proibido. Ou perigoso. E, naturalmente, onde impera o silêncio, falta transparência e sobram especulações.

19 de ago de 2015

A Marcha do Terror

São duas coisas diferentes.

Uma coisa é indignar-se com escândalos de corrupção. Ou, por razões ideológicas, discordar e opor-se frontalmente aos governos do PT. E, em razão disso, ir às ruas e manifestar-se, energicamente. Isso é legítimo!

Outra, em nome do combate à corrupção, é fechar os olhos para a realidade da política brasileira e demonizar um lado e endeusar o outro. É levantar bandeiras sem questionar suas consequências, nessa lógica de ser oposição por ser oposição. Isso ou é inocência ou é oportunismo.

Mas, sobretudo, em nome da falácia pretensamente inocente das boas causas, é marchar atrás de faixas de ódio como as que foram levantadas no último domingo. Quem admite estar ao lado de cartazes sangrentos como 'por quê não mataram todos em 1964' e 'Dilma, pena q não te enforcaram no DOI-CODI', em alguma medida, compactua-se com eles. Não há desculpas: o nome disso é terrorismo!

15 de ago de 2015

'Cidade Aberta'

Todos os gatos são pardos

A crise é política! Essa afirmação ecoou nesse início ameaçador de agosto. Filha legítima da crise na economia com a crise ética da Lava jato, ela traiu sua origem para se entregar à paixão do poder pelo poder. Inversamente, é ela, agora, que agrava a crise econômica e apropria-se como quer do escândalo de corrupção.

11 de ago de 2015

'Cidade Aberta'

Amadorismo

As revelações desta semana, estampadas em jornais, sobre o desvio de recursos na Câmara Municipal desmontam a impressão inicial de que tudo se resumia a uma ação pontual e pessoal e sinalizam tratar-se de algo amplo, sistemático e institucionalizado. É pouco crível que um esquema assim tenha operado por quinze anos, apropriando valores equivalentes a 20% da receita anual da Casa, sem uma organização própria e sem a cumplicidade de vereadores em cargos de direção. A conferir.


10 de ago de 2015

'Cidade Aberta'

A degradação do espaço público

A gente vai se acostumando tanto com a degradação do espaço público que perde de vista o seu potencial em oferecer aos cidadãos possibilidades de uso mais instigantes e de convívio mais dinâmicas e em criar ambiências mais ricas e de maior qualidade estética pra cidade.