27 de jun de 2014

'Cidade Aberta'

A tese é boa, mas...

O SETE DIAS noticia, hoje, que Sete Lagoas terá dez candidatos locais a deputado federal e estadual. Há quem acredite na tese de que os votos da cidade são capazes de eleger até dois federais e três estaduais. Você acredita nisso? Esse é o tema da coluna Cidade Aberta desta sexta-feira [AQUI].

22 de jun de 2014

Os terríveis pitstops de Massa

Tudo bem, as flechas de prata da Mercedes são as donas das temporada e as Williams não seriam - como não foram - capazes de detê-las. Rosberg manteve a terceira posição e Hamilton precisou de apenas uma volta para pular do 9º para o 4º lugar. Daí em diante, bastou esperar o desenrolar natural dos fatos. E os bons préstimos da Williams a seu favor.

Felipe fez a sua parte e largou bem, assegurando a liderança. Bottas, nem tanto, quase perdendo o posto para Rosberg. Foi quando o box da Williams resolveu chamar para si o direito de dar nova ordem à corrida e tirar qualquer chance de emoção nas pistas. Na volta 14, a ordem do primeiro pelotão tinha Massa, Bottas, Rosberg e Hamilton. Na volta 18, depois da primeira troca de pneus, a ordem passou a ser Rosberg, Bottas, Hamilton e Massa. Resumindo: o box da Williams se encarregou de tirar uma posição de Bottas e, o mais absurdo!, três de Massa. Hamilton não precisou, mais à frente, ultrapassar Bottas. O box da Williams, na segunda troca, de novo, fez o serviço pra ele. Pronto: Rosberg, Hamilton, Bottas e Massa. Depois, Alonso, Pérez, Magnussen, Ricciardo, Hulkenberg e Raikkonen, fechando a zona de pontuação.

No mais, dois destaques: a incompreensível temporada de Vettel, que abandonou a corrida nas primeiras voltas, e a volta do tédio, o mais absoluto tédio, à F1. O belo circuito da Áustria assistiu uma das corridas mais chatas do ano.

21 de jun de 2014

Animado, hem Massa?!

Pelo jeito, à distância, até Massa se deixou arrebatar pelo clima de Copa no Brasil. Depois de um começo de temporada entre azarado e desastrado, ele surpreendeu a todos com a pole do GP da Áustria, após mais de cinco anos de jejum. Aliás, não apenas Massa, mas a dupla da Williams teve um desempenho surpreendente, neste sábado, roubando as duas primeiras posições que já se tornaram propriedade da Mercedes. Hamilton errou feio e não marcou tempo no Q3 e Rosberg alegou que teve que tirar o pé em função da bobagem do parceiro. A destacar, apenas a estranha situação de Vettel no ano: mais uma vez, o alemão se deu mal, foi eliminado no Q2 e larga apenas na 12ª posição, bem atrás de seu companheiro de equipe, a revelação do ano, Daniel Ricciardo. 

Entre futebol e F1, o fim de semana promete!

[Recorte sobre foto disponível na internet]

1) Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes) 
2) Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes)
3) Nico Rosberg  (ALE/Mercedes)
4) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) 
5) Daniel Ricciardo (AUS/RBR-Renault) 
6) Kevin Magnussen (DIN/McLaren-Mercedes)
7) Daniil Kvyat (RUS/STR-Renault) 
8) Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) 
9) Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
10) Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes)

11) Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes)
12) Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault)
13) Pastor Maldonado (VEN/Lotus-Renault)
14) Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Renault)
15) Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault)
16) Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes)

17) Adrian Sutil (ALE/Sauber-Ferrari)
18) Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber-Ferrari) 1
19) Jules Bianchi (FRA/Marussia-Ferrari)
20) Kamui Kobayashi (JAP/Caterham-Renault)
21) Max Chilton (ING/Marussia-Ferrari)
22) Marcus Ericsson (SUE/Caterham-Renault)

20 de jun de 2014

'Cidade Aberta'

Gol contra

Ainda que sob vaias e xingamentos, acho que a presidente Dilma Rousseff deveria ter feito sim a abertura da Copa 2014. Acho que a democracia brasileira merecia isso, mantendo a tradição de todas as copas e superando o ódio que grassa na política brasileira, por todos os lados. Esse é o tema da coluna Cidade Aberta, desta semana, no SETE DIAS, que pode ser lida AQUI.

12 de jun de 2014

'Cidade Aberta'

Homens comuns

Na coluna Cidade Aberta  [leia AQUI], de hoje, no SETE DIAS, eu citei o meu avô Jaime Branco apenas para falar de uma geração e de um tempo em que a vida pública sete-lagoana não era ainda um território profissional quase exclusivo de políticos e em que era possível ao homem comum, simplesmente pelo seu ofício, contribuir, coletivamente, na construção da cidade. Isso é verdade ou uma fantasia minha sobre o passado?!

10 de jun de 2014

A sorte só escolhe os bons

Depois do GP do Canadá, eu fiquei me perguntando se o Felipe Massa é mesmo um cara azarado. Ou se, mais do que azarado, ele é um piloto não suficientemente bom para atrair a sorte. Para a expectativa que se criou em torno do bom desempenho das Williams no circuito Gilles Villeneuve, ele não se saiu tão bem assim no grid, apenas em quinto lugar e, diga-se, atrás de seu companheiro Bottas. Na largada, pareceu que ultrapassaria Bottas, mas também não foi tão bem assim. No primeiro box, mais um erro de equipe, sempre com ele. Aí veio uma corrida de recuperação, em que, de fato, ele mostrou para a sorte que valia a pena acreditar nele. Mas a sorte não lhe deu bola. Na última volta, deu-se o que se viu, no enrosco entre ele e o mexicano Sérgio Pérez. Eu jurava que Massa é quem tinha atropelado Pérez, mas os fiscais de prova acharam que o mexicano foi quem mudou a linha de pilotagem e causou a pancada. Vi e revi o vídeo e não estou tão certo assim. Acho que a sorte também não ficou muito convicta e preferiu não tomar partido ali. Que coisa!

6 de jun de 2014

'Cidade Aberta'

'Drama mexicano'

O secretário municipal de Trânsito de Sete Lagoas disse que as obras paradas da estação de transbordo - que de estação de transbordo não tem nada - viraram um 'drama mexicano'. A cidade que o diga! Esse é o assunto da coluna Cidade Aberta, no SETE DIAS,  de hoje [AQUI].