12 de jul de 2013

'Cidade Aberta'

Tempestividade

No artigo passado [Kafkiano], ao defender a ideia de que precisamos forçar a convergência das iniciativas públicas e privadas para intensificar a nossa vida cultural, eu usei o exemplo do Templo 8 como um caso em que isso não ocorria. Ao longo dessa semana, soube que esse caso e a versão que eu conhecia dele não eram pacíficos e que eles suscitavam, sim, uma bela polêmica. Ao tentar compreendê-la, me dei conta de que, qualquer que seja a verdade sobre o Templo 8 e o seu festival, a questão da regularidade ou irregularidade de nossos eventos culturais não se encerra em um caso particular, mas é geral. Ou seja, não se tem aí uma exceção, mas uma regra. Esse é o tema da coluna Cidade Aberta, no SETE DIAS desta semana [AQUI].

Nenhum comentário: