31 de mai de 2013

'Cidade Aberta'

O amor que cega

Por que, quando postamos declarações de amor a Sete Lagoas, nas redes sociais, nunca usamos fotos atuais, do cotidiano da cidade, com o movimento das pessoas?! Eu peguei uma máquina fotográfica e fui a campo. Esse é o assunto da coluna Cidade Aberta, no jornal SETE DIAS, desta sexta-feira que pode ser lida, em versão digital, no site do jornal.

Um comentário:

Leo disse...

Parabéns! Belo texto. Me fez lembrar quando saíamos para fotografar com a turminha do Serpaf na produção do livro "Nosso Mundo" e eles pediam para ir até a beira da Lagoa Paulino. A partir deste momento era trabalhar com novos olhares para a história do bairro que moravam. Com a fotografia pinhole não temos recursos tecnológicos para produção de uma bela imagem sonhada, mas a imagem como ela realmente é.