4 de abr de 2013

Essa página precisa ser virada

Esse assunto do Feliciano chegou a um ponto que só interessa ao próprio Feliciano. Ele vai crescendo em desfaçatez, em arrogância, tem um comportamento cada dia mais histriônico, provoca desmedidamente, bate e recua, age ardilosamente e, enfim, consegue o que quer: angariar apoios e votos futuros. Sob qualquer ótica, o quadro é insuportável. Amanhã, por exemplo, ele vai ao STF responder por um caso de estelionato - vejam bem: ele é réu na ação, ele é acusado de ser estelionatário -, e tudo se passa envolto numa atmosfera de celebridade, com paparazzis, jornalistas, manifestantes, o escarcéu. A questão que me interessa, no momento, é apenas como essa página será virada. Se ela será virada com o esquecimento ou se ela será virada com um posicionamento decente da Câmara dos Deputados.

Nenhum comentário: