10 de jan de 2013

Lixo na rua, nuvens no céu

Eu não tenho o que dizer sobre a troca da Via Solo pela Vina. Se havia razões administrativas, muito bem. Especificamente sobre isso, já que houve uma acusação de superfaturamento pelo prefeito, contra a Via Solo, apenas acho que isso devia ser provado, de maneira simples: o prefeito devia mostrar o contrato de uma e outra empresa, a economia de valores e o ganho em idoneidade. Ponto.

Mas o assunto aqui é o lixo na rua. Fui almoçar no Eufrásio e no trecho de três quarteirões entre o escritório e o restaurante, foi impossível não ficar impressionado com o volume de lixo não coletado, por todo lado. OK, OK! Eu entendo a justificativa de que a nova empresa está há apenas três dias na cidade e ainda tem problemas logísticos. Natural. Mas o que não me parece natural é, exatamente, do ponto de vista executivo, não terem pensado nisso. Não teria sido possível uma solução de transição entre uma empresa e outra?

Sobretudo porque há um agravante: tanto lixo na rua e tantas nuvens negras no céu não costumam ser uma feliz associação... Se a Vina demorar, a chuva faz o serviço por ela. Aí, as consequências costumam não ser lá muito boas...


O Tempo Agora está prevendo tempo fechado e chuvoso, com possíveis trovoadas. Onze milímetros, hoje; 33, amanhã e 24, no sábado. O Climatempo faz previsões piores: respectivamente, 18, 39 e 29mm. É muito? Se for por várias horas, não; mas, se for uma chuva concentrada em pouco tempo, pode dar trabalho...

2 comentários:

Ramon Lamar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Amigos, isso é caso para investigação do MP........