6 de out de 2012

Antes da eleição: Japão

O GP do outro lado do mundo começou bem. Primeiro, com uma polêmica. Alonso exerceu sua maior habilidade, a de chorar. Foi reclamar com a direção que Vettel deu-lhe uma fechada, no treino classificatória das duas da madruga. Eu vi na hora [isso mesmo: eu assisto até treino de F1 em horário nobre...], vi o vídeo, mas não vi fechada nenhuma. Se bem que até que eu gostaria que tivesse tido...

A segunda boa nova: a fênix da RBR ressurgiu das cinzas e emplacou a primeira fila do grid. Isso é bom para o campeonato. Especialmente, porque Alonso só larga em sexto, atrás de uma fila de encrenqueiros: Kobayashi, Grosjean e Perez.

A terceira surpresa foi o modesto desempenho das McLaren: Hamilton em nono [prejudicado pela bandeira amarela] e Button em sétimo [punido por troca de caixa de marchas].

No mais, mais do mesmo: Massa em 11º e Senna em 16º. Uma dupla de coadjuvantes...


Nenhum comentário: