11 de ago de 2012

Lá e cá...

Fui a Brasília, na quinta. O climatempo dava conta de um clima parecido com o de BH: frio na sombra, quente no sol e bem frio à noite. O melhor tempo que há. Não sei se me desabituei, mas achei Brasília quente demais e seca demais. Incômoda. Dentro de um terno, insuportável! Dois dias de muito trabalho e pouco sono. Na quinta, fechei o dia com um reencontro com a 'Rapariga da Quinta'. Um vinho e fim. Ontem, reunião até tarde e correria para não perder o voo. Em Confins, mudei de rumo: ao invés de ir pra casa, em BH, vim para Sete Lagoas matar a saudade. Cheguei às 11 da noite. Que beleza: Sete Lagoas tranquila, parada, fria. Dei um pulo de meia hora no Aconchego. Uma paz. Foi aí que me dei conta de que era dia de Paula Fernandes na Exposete. A chance de eu ir na Exposete é nenhuma; mas gosto desse efeito que ela produz, que os donos de bares, ao contrário de mim, odeiam: ela produz o maior paradeiro na cidade. Manhã de sábado sete-lagona fresca e agradável. Ótima para um treino de 10 km. Rua afora, como a Exposete ainda não abriu, a cidade está lotada. Eu acho que a Exposete devia funcionar 24 horas...

Nenhum comentário: