14 de abr de 2012

F1: o circo chegou à China

Não vi o treino classificatório, mas vi o treino livre. O resultado do grid não assusta. Ele mostra o que anda acontecendo nesse início de temporada de F1: as RBR perderam mesmo qualidade com relação a 2011; as McLaren evoluíram; as Mercedes deram um salto gigantesco [em parte, por causa do polêmico sistema de dutos aerodinâmicos] ; e as Ferrari seguem andando de marcha a ré.

Analisando o grid de largada
a) A primeira fila das Mercedes é uma boa notícia, com Rosberg na frente de Schumi; confirmou-se o que já era esperado;
b) As McLaren só não foram melhores porque Hamilton, o segundo tempo, perdeu 5 posições; Button, em quinto, podia ter ido além; no treino deu mais gás;
c) Surpresa pra valer anda sendo a Sauber: no GP passado, aprontou com Perez; hoje, emplacou o terceiro lugar com Kobayashi; quem diria?
d) Ferrari: o 9º e o 12º lugares dizem tudo;
e) Incrível: Vettel, justo Vettel, e Massa, nem passaram para o Q3!
j) Senna tomou um chocolate de Grosjean, digo, Pastor Maldonado, seu companheiro de Williams.

Agora, o que valeu mesmo, nos portais de notícias de hoje, foi essa foto fantástica, de Rosberg, no G1:

4 comentários:

Ramon Lamar disse...

Senna é companheiro de quem?

Blog do Flávio de Castro disse...

Putz, Ramon, que mancada!

Corrigi lá, sem apagar o rastro do engano. Mas de fato, eu queria me referir a Maldonado. E o chocolate que mencionei não era só a respeito da China. Em todas as classificações, até agora, Pastor Maldonado ficou à frente do Senna: na Austrália ele ficou em 8º, Senna em 14º; na Malásia, 11º e 13º, respectivamente; e, agora, na China, de novo, Maldonado se posicionou na frente...

Mas aí vem aquelas duas histórias: a de que quem fala muito dá bom dia a cavalo e a de que treino é treino, corrida é corrida. Pois é: sou obrigado a refazer meu comentário. Em 3 provas, Senna já pôs 10 pontos de frente no companheiro Grosjean, digo, Maldonado. Perdão!

Ramon Lamar disse...

E na corrida, Senna bateu na traseira de Massa e desviou bruscamente para a esquerda jogando o companheiro Grosjean, digo, Maldonado para fora. Aí o Pastor perdeu várias posições...

Blog do Flávio de Castro disse...

Eu vi essa cena no replay, na manhã de domingo...