31 de jan de 2012

Pressa e coragem

A presidente Dilma anda precisando apressar a reforma ministerial e fazer mudanças corajosas. Não pode, apenas, trocar cebola por cebola. Não é possível governar dando tanto pano pra manga para a mídia. Muita gente pode ver armação em determinados órgãos de imprensa e há mesmo uma imprensa golpista solta por aí, mas se não houvesse 'malfeitos' por parte do governo, ela não teria tanto fôlego e tantos ministros não teriam ido à lona. Ontem se falou no nono deles. Hoje, chegamos a nove e meio: foi a vez do presidente da Casa da Moeda. Está na Folha, de hoje: “O presidente da Casa da Moeda, Luiz Felipe Denucci, foi demitido no sábado por suspeita de receber propina de fornecedores do órgão via duas empresas no exterior em nome dele e da filha”. A exoneração saiu, ontem, no DOU. E não vai nenhum pré-julgamento meu aí: se o cara não fez nada de errado, porque foi demitido apenas a partir da informação de que a Folha preparava uma reportagem sobre o caso? Já chega...

Nenhum comentário: