17 de jan de 2012

Ju Dayrell

Leiam AQUI uma entrevista com o setelagoano Juarez Dayrell, filho de D. Doxinha, professor, doutor em Educação, que sempre aborda temas ligados à juventude: Cidade se fecha para a juventude, analisa Juarez Dayrell.


PS, 12:45 - Um comentário: Juarez fala que a cidade anda se fechando para a juventude. Talvez seja o caso de ampliar essa observação. Anda se fechando para todos. Há uma estranha compreensão da apropriação pública de espaços públicos, na atual administração. Houve o caso emblemático da Praça da Estação. Há um cerceamento de atividades também na Barragem Santa Lúcia: há dois anos, por exemplo, não se tem mais os fogos e shows de Ano Novo, sob alegação de que incitava violência entre grupos rivais da favela, ao lado. Ao invés de se resolver o problema de segurança, desfez-se a festa que era super popular e democrática. E por aí vai...

Nenhum comentário: