27 de mai de 2010

Menino - XV

O remédio, às vezes, é amargo, mas é necessário. Meu marido tinha razão em aplicar o corretivo no nosso filho. A coisa estava indo longe demais. Ele é criança, mas já tem idade pra perceber que a vida tem sido angustiante demais para todos nós, aqui. Ele não tem o direito de tornar tudo mais difícil com as suas fantasias absurdas, suas mentiras infantis e sua ironia desrespeitosa. Era preciso dar um basta!

Nenhum comentário: